Diversidade

#VaiTerMulherNaTecnologiaSim [Teaser]

imagem_destaque_mulherestecnologia_teaser_carambola
Escrito por Carambola Tech

Segundo o PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) de 2009, apenas 20% do universo de cerca de 520 mil pessoas que trabalhavam com Tecnologia da Informação no Brasil eram mulheres. Nesse mesmo estudo, averiguou-se que as mulheres integravam somente 15% do corpo discente dos cursos relacionados a carreiras na área de Tecnologia da Informação.

A quantidade de alunas que se formam nesses cursos mostra um fracasso ainda maior: 79% daquelas que ingressam para cursar essas faculdades abandona o curso no primeiro ano. Em 2010, o salário das mulheres que trabalhavam em TI era 34% menor que o dos homens. Quando se trata de cargos de gerência, a diferença aumenta ainda mais: o salário das mulheres fica 65% menor que o dos homens.

Esses são números que apresentam toda uma realidade triste, nua e crua.

#VaiTerMulherNaTecnologiaSim

Mesmo com tantos fatores contra, as mulheres tem lutado bravamente em busca da igualdade no mercado de trabalho, e muitas iniciativas voltadas à Tecnologia nasceram e desenvolveram-se nos últimos anos (como Reprogramaprogra{m}aria , Mulheres na Tecnologia, Mulheres em Tecnologia, Mulheres na Computação, Meninas Digitais e várias outras), a fim de empoderar meninas e mulheres.

Ainda há muito a ser feito (veja esse estudo do GizModo), mas recado já está dado: elas podem ser o que quiserem.

A Carambola Tech reconhece essa luta constante, e lança a campanha #VaiTerMulherNaTecnologiaSim, convidando você a participar também.  Sempre que postar imagem, vídeo ou algum tipo de informação relacionada, insira a hashtag informada. Assim, conseguiremos gerar uma concentração de histórias e depoimentos de luta e superação, com histórias e exemplos de mulheres que podem mudaram suas vidas e podem incentivar o empoderamento de tantas outras.

Sobre o autor

Carambola Tech