Blockchain

O que é Blockchain? Saiba mais sobre essa tendência!

o-que-e-blockchain-saiba-mais-sobre-essa-tendencia.jpeg

As chamadas moedas virtuais conquistaram muitos investidores nos últimos anos, porém isso não seria possível se não fosse a tecnologia Blockchain. Ela trouxe uma novidade no registro e na distribuição de dados, descentralizando transações e eliminando a necessidade de se ter uma parte confiável que facilite as relações virtuais.

Logo, tornou-se atrativa para negócios inovadores e até tradicionais, que visam a maior segurança e agilidade em seus processos.

Por conta disso, é importante entender o que é Blockchain e qual seu impacto no mundo corporativo. Para ajudá-lo na aquisição desse conhecimento, separamos algumas informações sobre essa tecnologia. Confira!

O que é Blockchain e para que serve?

A tecnologia Blockchain funciona por meio da criação de registros de todas as transações feitas em sua rede, tornando-as disponíveis publicamente. Esses registros públicos podem ser verificados por qualquer indivíduo que acesse ou use seu sistema.

A cada correção/efetivação de uma transação, os pontos de sua rede, conhecidos como “nós”, executam cálculos e algoritmos para verificá-los, tendo por base o histórico de movimentações. Desse modo, dados e assinatura são checados para serem validados, o que requer consenso entre todos os nós integrantes do sistema.

Caso uma operação seja aprovada, ela é admitida no registro geral. Ou seja, um bloco contendo informações sobre essa movimentação será acrescentado na cadeia de transações.

Qual a relação entre Blockchain e Bitcoins?

O Blockchain trouxe maior credibilidade e segurança às movimentações envolvendo criptomoedas, tendo sido especificamente implementado, pela primeira vez, para os Bitcoins. Ele mantém um banco de dados disperso entre os participantes da rede da criptomoeda, o qual é constituído pelos computadores interconectados dos seus usuários. Nessa rede, cada operação feita com Bitcoins ganha um registro, que pode ser analisado pelos integrantes do sistema para validação.

Quais as vantagens do Blockchain?

Transparência

Como a rede de um Blockchain é pública e aberta, a transparência é um dos benefícios gerados. Quando um usuário transfere para outro uma quantia por meio desse sistema, todos ficam sabendo, de modo que ninguém tem como pôr em cheque a legitimidade dessa operação.

Segurança

Além das transações serem criptografas, algo que é encontrado em operações bancárias tradicionais, o Blockchain consegue proteger melhor transações graças ao seu modo de funcionamento.

No caso, a segurança vem do fato de que as transações, uma vez adicionadas e confirmadas na rede, são inalteráveis, gerando um histórico de todas as movimentações. Isso só poderia ser corrompido por meio de um ataque que comprometesse mais de 50% dos nós da rede (atualmente ela conta com mais de 10 mil nós, então, esse ataque, embora seja tecnicamente possível, é infactível).

Anonimidade das transações

Para adicionar transações a um Blockchain, normalmente não é preciso nenhum dado pessoal. Desse modo, as informações inseridas não são necessariamente relacionadas a alguém no mundo real, mas podem facilmente ser utilizadas por quem tiver as credenciais originais dos que enviaram as transações. Por exemplo, na rede Bitcoin, não é preciso de nenhum dado para criar uma carteira de Bitcoins, receber ou enviar valores.

Descentralização da tecnologia

Devido ao seu modo de funcionamento, o Blockchain atua como um registro distribuído (Distributed Ledger Technology — DLT), sem a necessidade de um agente ou autoridade central para gerenciá-lo. Sendo uma rede distribuída, ele reduz o risco de corrupção do sistema.

Quais as possibilidades de uso dessa tecnologia?

Economia compartilhada

O uso do Blockchain vai muito além das criptomoedas. Por exemplo, ao possibilitar o pagamento peer-to-peer, essa tecnologia fornece suporte para a interação direta entre as partes de uma operação do tipo, gerando economia. Um exemplo é a OpenBazaar, que emprega essa tecnologia para criar uma espécie de eBay peer-to-peer.

Após o download do aplicativo, você poderá negociar com parceiros da OpenBazaar sem a necessidade de pagar taxas de transação.

Crowdfunding

Uma tecnologia de Blockchain pode ser usada em crowdfunding, tendo potencial para criação de fundos de capital de risco. Como exemplo, no ano de 2016, uma DAO (Organização Autônoma Descentralizada) baseada em Ethereum (criptomoeda), juntou US$ 200 milhões em aproximadamente dois meses.

Os participantes adquiriram “tokens DAO”, possibilitando que eles votassem em aplicações de capital de risco de contrato inteligente. Nesse sistema, o poder de voto era proporcional à quantidade de DAO que possuíam. Embora a experiência não tenha evoluído, ela mostrou o potencial do uso de Blockchain nesse tipo de negócio.

Armazenamento de arquivos

Distribuir informações em toda a rede protege os conteúdos de serem perdidos ou pirateados. Nesse sentido, o Sistema de Arquivos Interplanetário (IPFS) facilita a ideia de como um sistema distribuído pode funcionar.

Semelhante à maneira como o BitTorrent movimenta dados pela web, o IPFS dispensa a necessidade de relações centralizadas entre cliente/servidor. Uma internet formada por sites descentralizados tem o potencial de agilizar a transferência e o tempo de transmissão de arquivos.

Além dessas áreas, o Blockchain tem potencial de ser empregado no futuro para registros médicos, sistemas de votação democráticos, cessão de direitos autorais e para validação de contratos diversos.

Como visto, o Blockchain é uma das tecnologias emergentes que traz muitas vantagens para as empresas, podendo ser empregado em vários negócios que envolvam valores e exijam confiança.

Agora que você já sabe o que é Blockchain, curta nossa página no Facebook para receber mais conteúdos para o seu negócio!

Sobre o autor

Carambola Tecnologia

Deixar comentário.