Bill Gates: “O mundo deve se preparar para ‘guerra’ contra pandemia global”

Por carambola.com.vc - 03/02/2015

O bilionário Bill Gates afirma que o mundo deve usar as lições da batalha contra o Ebola para se preparar para uma eventual futura “guerra” contra uma doença global que irá matar milhares de pessoas, com a ajuda de novas tecnologias.


Em Berlin, Gates participou da conferência de doadores da aliança GAVI para levar vacinas aos países pobres, e disse que o risco de uma pandemia mundial significava que seria muito imprudente não agir agora.

“Um agente patogênico (mais que o Ebola) poderia aparecer, em forma de gripe, em forma de síndromes respiratórias agudas ou algum tipo de vírus que não vimos antes,” disse Gates em uma entrevista para AFP.

“Nós não sabemos quando isso irá acontecer mas já é o suficiente para pegarmos uma das lições do Ebola e perguntar para nós mesmos: nós estamos prontos como deveríamos? Uma boa comparação é que nos preparamos para a guerra – nós temos planos, treinamos e praticamos.”
Ele também afirmou que isso incluía formar equipes de voluntários que estão prontos para se mobilizar rapidamente em caso de emergência na saúde pública, semelhante aos sistemas desenvolvidos nos países mais atingidos pelo Ebola: Guiné, Libéria e Serra Leoa, que registrou cerca de 9.000 mortes no ano passado.

“A maior salvadora de vidas”

Gates, listado pela revista Forbes como o homem mais rico do mundo com um patrimônio líquido de cerca de $ 80 bilhões (70 bilhões de euros), afirmou que a Fundação Bill e Melinda Gates distribui US$ 4 bilhões por ano para ajudar as populações mais carentes do mundo. Além disso, é também um dos maiores contribuintes para a aliança GAVI, que no dia 23 do mês passado fez promessas de $ 7,5 bilhões para ajudar a imunizar 300 milhões de crianças em países em desenvolvimento, ao longo dos próximos cinco anos.

Bill Gates e Angela Merkel

Denominando a vacina como “a maior salvadora de vidas” do mundo, Gates elogiou a chanceler alemã Angela Merkel por sediar a conferência GAVI e pelas vacinas serem prioridade em sua presidência deste ano.

No entanto, ele afirmou que estava “preocupado” com uma tendência anti-vacinação no Ocidente, devido a temores exagerados de riscos associados às picadas, que estava levando a perigosos surtos.

“Nosso foco é nas crianças carentes, onde podemos perceber que milhões morrem de doenças que são prevenidas por vacinação. É uma pena que não há 100% de cobertura nos países ricos,” disse Gates.
“Eles estão efetivamente escolhendo infectar alguém que não pode se proteger”, disse ele, observando a nova propagação de doenças como sarampo e coqueluche.

Tecnologia para medir o progresso

O co-fundador da Microsoft afirmou que a tecnologia era um ativo crucial no campo de trabalho de sua fundação, visto recentemente uma unidade contra o polio.
“Nós usamos fotos de satélites para descobrir onde as pessoas estão vivendo e usamos um rastreador GPS com um telefone celular. Assim, nós podemos perceber se a equipe de vacina está indo a cada lugar que eles deveriam ir e dentro de alguns dias, realizando análises estatísticas, podemos ver se há alguma criança que deixamos passar,” disse Gates.

“O cálculo é um coisa bem natural e privada… Tecnologias inovadoras estão no caminho para torná-lo possível de ver o que está acontecendo, com um custo muito menor.”

Bill Gates e Warren Buffet

Gates afirmou que estava orgulhoso de ter inspirado colegas bilionários americanos como o Warren Buffet, que dedicou uma grande parte de sua riqueza para a caridade e estava trabalhando para espalhar a mensagem na Europa, Índia e China.
“Onde quer que eu vá, eu sento e converso com as pessoas sobre como eu me sinto bem com a minha filantropia e encorajo os outros para se envolverem nisso,” ele disse.

Gates disse que caminhando do mundo dos grandes negócios para trabalhar em vilarejos dos países em desenvolvimento, onde as pessoas “não têm ideia de quem eu sou” tem sido gratificante.
“Eu estava muito orgulhoso do trabalho que eu fiz na Microsoft… Isso me deixou levar a mensagem de software para o mundo em uma forma muito entusiasmante,” ele afirmou.

“Agora eu tenho uma mensagem diferente que, minha esposa e eu, nós temos que ser generosos com os mais carentes. Na medida em que tenho visibilidade, eu espero que esteja usando isso de uma forma positiva.”

Fonte: AFP | Tradução: Carambola