A exposição de arte em 3D que permite que pessoas cegas apreciem quadros famosos

Por carambola.com.vc - 27/03/2015

Já pensou no que aconteceria se você tentasse colocar a mão em “Gioconda“, de Leonardo da Vinci? Ou então, quem sabe, passar um dedinho para sentir as diversas camadas de tinta que compõem a “Guernica“, de Picasso? Nessa exposição de arte em 3D isso faz parte da visita, com o objetivo de permitir que pessoas com deficiência visual possam contemplar obras de arte famosas através do tato.

É claro que as obras em questão não são originais, mas réplicas recriadas exatamente com essa intenção, que estão expostas no Museu do Prado, em Madrid. Chamada de Touch The Prado(“Toque o Prado”), a mostra, que acontece até o dia 28 de junho, reúne seis obras, incluindo pinturas de Goya, Velázquez, Van der Hamen, Correggio e uma versão da Mona Lisa criada por um aluno de Da Vinci.

Cada obra adaptada é produto de um novo processo de impressão chamado Didu, desenvolvido pela startup espanhola Durero. Tudo começa com uma fotografia do quadro a ser reproduzido em alta resolução. Através dela, é possível selecionar características que possam dar sentido à obra quando ela for tocada por uma pessoa com problemas de visão. Cada obra demanda cerca de 40 horas de trabalho até ficar pronta para ser apreciada com as mãos, além de envolver o uso de uma tinta especial e um processo químico que faz com que os elementos planos ganhem volume, tornando a arte acessível a todos, como ela deve ser.

arte-3d-cegos2

arte-3d-cegos3

arte-3d-cegos4

arte-3d-cegos5

Via Hypeness