A destruição em Nepal após o terremoto, e como você pode ajudar

Por carambola.com.vc - 27/04/2015

Um terremoto de magnitude 7,8 atingiu Catmandu, Nepal na manhã de sábado (25). Mais de 3.700 pessoas morreram no desastre que transformou edifícios em escombros, e derrubou a histórica torre Dharahara de 60 metros de altura. O tremor foi tão forte que causou uma avalanche no Monte Everest e foi sentido na Índia, Tibete e Bangladesh.

O Nepal é um dos países mais pobres do mundo, com uma renda per capita de US$ 694 anuais (contra US$ 11.208 no Brasil), de acordo com o Banco Mundial. E o terremoto é o pior a atingir o país do sul asiático em mais de 80 anos.

O desastre também tirou a vida de 36 pessoas na Índia, 12 na China, seis no Tibete e quatro em Bangladesh. O Ministério das Relações Exteriores afirma que não há brasileiros entre os mortos; para as famílias em busca de informações, há o telefone (61) 8197-2284.

No Monte Everest, 18 pessoas morreram, incluindo o engenheiro do Google Dan Fredinburg. Ele cofundou o Google Adventure Team, que procurava colocar imagens mais radicais no Street View – incluindo o Everest. Atualmente, ele trabalhava no laboratório Google X, focado em carros autônomos e no projeto Loon, de balões para espalhar banda larga pelo mundo.

No vídeo abaixo, o alpinista alemão Jost Kobusch registrou a avalanche no Everest causada pelo terremoto que devastou Nepal. As pessoas percebem o chão está tremendo, e logo em seguida são atingidas por uma avalanche terrível.


 

Como ajudar

O vice-primeiro ministro do Nepal, Bamdev Gautam, declarou estado de emergência no país, clamando por ajuda humanitária. Com uma conexão à internet, você pode contribuir.

Vários grupos de ajuda humanitária – Cruz Vermelha, Exército de Salvação e UNICEF, por exemplo – se mobilizaram para receber doações. E o PayPal simplificou o processo: você pode doar qualquer quantia para uma de 11 organizações de caridade – basta visitar esta página.

A empresa está cobrindo todos os custos associados a estas doações, garantindo que 100% do valor será enviado para a organização de sua escolha através do PayPal Giving Fund.

PayPal-e-doacao-para-Nepal

O Google, por sua vez, ativou o Person Finder, um banco de dados de pessoas desaparecidas para ajudar as vítimas do terremoto a reencontrarem seus entes queridos. O site, em inglês e nepalês, permite aos usuários procurar por amigos e familiares perdidos pelo nome, ou compartilhar informações se ouvir relatos de alguém em uma área afetada pelo desastre.

O Google Person Finder foi lançado pela primeira vez em 2010, após o terremoto devastador no Haiti, e desde então vem sendo usado durante outras grandes catástrofes, incluindo terremotos na Índia e Turquia.

O Viber liberou ligações para telefones fixos e celulares do Nepal (DDI +977) de graça. Usuários que estiverem no Nepal também podem fazer ligações gratuitas.

E se você tiver um olhar afiado e um pouco de paciência, considere ajudar a Equipe Humanitária do OpenStreetMap (HOT). A HOT está mapeando estradas em regiões montanhosas remotas, e precisa de toda a ajuda possível. Estas estradas serão críticas nos próximos dias, para a entrega de mantimentos e serviços em áreas remotas.

Colaboradores ao redor do mundo podem digitalizar dados a partir de imagens de satélite. Saiba como ajudar visitando o gestor de tarefas do OSM.

Foto inicial por Niranjan Shrestha/AP


 

Via GIZMODO